Os melhores bebedores!

 

Explodiu na noite do dia 30/10/2019 a E X P E T A C U L A R FINAL NACIONAL do THE BEST DRINKER BRASADOR, corajosos competidores de VOLTA REDONDA, JUIZ DE FORA E TRÊS RIOS encararam o CANECÃO de 1 litro e partiram pra entornada.


Os torcedores se acumularam no balcão para assistir e filmar essa emocionante disputa que também foi transmitida ao vivo no nosso canal do youtube.

Mais uma vez deu @brasadorvr com @fernando.haenel que levou 34 segundos para finalizar seu masskrug, ele faturou um troféu elaborado pelo estúdio de criação Brasador House, Camisa bebe leite e um voucher de 400,00 pila; em segundo lugar ficou nossa representante de jF @talitacunhas que chapuletou o canecão em 48 segundos e o representante do @brasadortr , o Alexandre que levou 59 segundos para sorver seu caneco ficando em terceiro lugar.
Uma noite memorável! Ano que vem tem mais, fique atento em nossas redes porque no Mardi Gras Brasador (carnaval) já começam as primeiras rodadas de 2020.
Aqui no Brasador QUEM NÃO AGUENTA BEBE LEITE!

A Menina que Calçava Botas Pesadas

Histórias são misteriosas e poderosas!
Fazem seu trabalho em silêncio
De forma invisível
Elas se tornam parte de ti
E, ao mesmo tempo, te transformam!

 

Foi lançado para os clientes do Brasador, com ênfase no público infantil, o ALMANAQUE NÚMERO 2 DO FANTÁSTICO MUNDO DA CHAMA BRASADOR. O lançamento ocorreu simultaneamente nas 3 unidades Brasador.
O almanaque contém a maravilhosa história da Menina que Calçava Botas Pesadas, criada pela inspiração poética da nossa querida Carolina Resende, com desenhos originais do artista Lucas Dutra, sob a direção de arte de Juliano Botti.
O almanaque traz ainda desenhos para colorir dos artistas: Juliano Botti, Juliano Lima, Lucas Dutra. Além de tudo isso, acompanham vários joguinhos divertidos que estimulam cognição e a coordenação motora.

Foi lançada também a BONECA DE PANO que representa a personagem principal da história do almanaque, acompanhada do próprio almanaque, mais caneta de tecido para que cada criança escreva nas costas da Boneca o nome que escolheu para ela. Serão enviadas 10 bonecas para cada unidade Brasador.

 

OKTOBERFEST BRASADOR

G’suffa!!!? Do dia 01/10 até o dia 30/10 é Oktoberfest Brasador, para reviver as tradições germânicas. Neste mês estaremos com um Cardápio Especial, em homenagem à culinária alemã pela Chama Brasador. Também vamos ter: rodadas UP de Chope, sorteio de prêmios e sino. Mês de muitos brindes vigorosos!
Entorna!!!

 

E, no final do mês, a finalíssima nacional do The Best Drinker of the Year! Com os campeões de Juiz de Fora, Três Rios e Volta Redonda.

 

Todos os anos o Brasador celebra essa festa mundial!

Como sempre, com seu jeito próprio. Nossa homenagem é uma maneira de reunir amigos, família, colegas, chapas, brothers, parças, para compartilhar esse espírito de festa tão legal e contagiante. Não pretendemos ser uma festa alemã tradicional, por que essa só acontece lá! Queremos trazer referências, lembranças, símbolos dentro do nosso universo Brasador. É um Brasador com sotaque alemão durante 1 mês. Brindes vigorosos, chopes colossais, mensagens fraternais e divertidas, pessoas alegres, música vibrante e liberdade de escolha. Trazemos também a referência alemã em nosso cardápio exclusivo para essa festa: carne de porco, linguiças, mostarda escura, bretzel e o cachorro frio e muita cerveja!

G’suffa!!

 

Beer Week Brasador

Em agosto tem Beer Week Brasador, um evento especial com degustação de cerveja e mais uma etapa do Best Drinker e Qual Beer! Em parceria com a espetacular Cervejaria Walls o Brasador vai proporcionar noites com muita cerveja diferente, brindes e brincadeiras.

O seu mestre cervejeiro é sua papila gustativa. Seu guia é seu coração, seu estado espírito. A comunhão é o melhor ingrediente de todos para celebrar todos os estilos, famílias, IBUs, ABVs, lúpulos, cevadas e leveduras. Um brinde à liberdade de escolha!

Nosso objetivo é celebrar a bebida mais legal do planeta a partir da diversidade de tipos, estilos, marcas e países presentes em nossa sessão de cervejas.

Queremos aproximar o cliente, cada vez mais informado, da experiência que ele pode viver com essa bebida tão legal em nossos restaurantes Brasador.

O Sino da Liberdade Brasador

Um brinde a Liberdade de Escolha.

É para compartilhar e descontrair a nossa “labuta” diária mantendo-nos conscientes do passado, atentos ao futuro, sem perder o tato no presente que inauguramos no dia 15/8/17 o BRASADOR LIBERTY BELL ou SINO DA LIBERDADE BRASADOR.

Inspiramos-nos no mundialmente reconhecido Liberty Bell norte-americano, símbolo de inúmeras conquistas nos direitos humanos, para concepção e lançamento dessa peça icônica e vibrante em nosso restaurante. Desenhamos para celebrar cada momento vivido, para “badalar” a nossa maior conquista: a Liberdade!

O BRASADOR LIBERTY BELL é forjado artesanalmente por uma tradicional família de sineiros de Uberaba-/MG, em uma das maiores casas de sino do Brasil, com sinos fabricados inclusive para o Vaticano. O saber de nossos sineiros é considerado um bem imaterial pelo IPHAN (Instituto Patrimônio Histórico e Artístico Natural) . Ele é moldado em liga de bronze e pintado à mão em um processo mágico de domínio do fogo.

Dizem que o sino é um mensageiro de Deus, quando ele toca todos os sentidos entram em um estado de alerta, com fim de despertar a atenção no presente. Nesse sentido o BRASADOR LIBERTY BELL toca em momentos especiais e experiências únicas, trazendo sempre a alegria e a satisfação com rodadas de degustação e chamando a famosa “SAIDEIRA”, para fechar gloriosos dias de trabalho.

Agora se você pensa que jornada de forja do sino é fácil… julgue você mesmo…

Para alcançar seu toque característico, com a vibração continua e marcante, o BRASADOR LIBERTY BELL passa por diversas etapas onde a habilidade do Sineiro é exposta a riscos MUITO quentes. Acompanhe:

? Preparação

Tudo começa pela forma externa. O sineiro faz à mão uma base de tijolos refratários. Sobre o tijolo aplica-se uma areia especial, e uma régua “desenha” o molde do sino.

Um minucioso processo de cobertura com cera é feito, nesse ponto o trabalho manual é muito delicado. O molde interno é feito da mesma maneira, tudo com muito carinho é precisão para que o som do sino seja uniforme, e tenha o “poder” característico de ecoar uniformemente.

 ?Personalização

Os desenhos são feitos em um molde de cera à mão são colocados um a um na peça. Essa massa gravada é coberta com um composto refratário. Quando seca o composto é esquentado e a cera derrete. Dando origem ao molde externo. Assim o “espaço” deixado pela cera dá lugar ao vazio que será preenchido na fundição.

?Fundição

Depois os moldes são posicionados e enterrados juntos, com duas furações, uma pra entrada do bronze e outra para saída do ar quente. O Bronze aquecido a 2.000 graus é guiado em lava para a entrada. Ele permanece enterrado por uma semana para que não haja “ruídos” no processo de resfriamento. Ao ser retirado são retiradas as rebarbas, ele é polido e está pronto para “Badalar”.

O que acha? Uma verdadeira jornada certo? Tudo para que nossa vibração se intensifique e que a experiência de nossa casa esteja sempre confortando, revitalizando e restaurando o dia a dia de nossos amados.

É isso que importa pra gente.

 

5 dicas para um steak a là Brasador em sua casa.

Por Felipe Magno – Cheff Executivo Cozinha Brasador

Todo mundo quer escutar elogios depois de dedicar seu precioso tempo no preparo de um prato. Certo?

Para te ajudar chamamos nosso Chef Executivo Felipe Magno para dar 5 dicas profissionais de como fazer um Steak com os melhores padrões do mundo.

 

#1 – Selecionando o Steak.

A base de tudo é a qualidade e a característica do steak, no Brasador trabalhamos com 18 cortes exclusivos. Assim possuímos de tudo um pouco. Temos desde a maciez e sabor do Wagyu à uma mistura de textura e sabores marcantes do osso presente no cozimento do T-Bone Varvary.

Nossa matriz bovina possui certificações internacionais. Isso garante a procedência e todo um processo de criação que visa a qualidade. O importante é confiar na procedência. Existem excelentes selos de qualidade que ajudam nesse processo.

Agora tenha cuidado! A aparência ajuda mas a carne pode estar “maquiada” com produtos químicos ou em embalagens que escondem parte do conteúdo. Por isso dê preferência a açougues que possuem certificação e que sejam de sua confiança.

Escolha peças menos espessas se não possuir equipamentos especiais. Os Steaks mais grossos demoram a chegar na temperatura ideal e podem queimar a superfície.

Busque uma peça com boa distribuição de gordura entre as fibras musculares (carne marmorizada). O marmoreiro é característica de animais com boa genética. Além disso, essa gordura entremeada derrete durante o processo de preparo da carne e deixa um sabor especial.

Sempre que possível visite restaurantes locais de sua preferência e peça dicas aos Cheffs sobre bons fornecedores. Nós estamos sempre comprando e testando o que há de melhor no mercado e será um prazer compartilhar nosso conhecimento com você.

 

#2 – Equipamento

Alguns steaks serão queimados até você atingir o seu melhor. O importante é manter-se confiante e seguir em frente.

Para cozinhar a carne por inteiro busque chapas grossas, com mais de 5cm de espessura, que vão manter a troca de calor com a peça. Temperatura é um fator primordial. A peça servida deve, em linhas gerais, apresentar um ponto consistente, e uma homogeneidade no corte e no paladar.

Para isso procure grelhas altas, chapas espeças e acostume-se com seu equipamento. Sempre que possível invista em fogão com bocas especiais extra larga ou uma grelha semi-industrial para alcançar esse padrão de consistência nas chamas.

O restaurante assina uma linha especial de utensílios profissionais, tudo para encurtar o seu caminho e levar toda magia do Brasador para casa. São diversas opções voltadas para o manuseio firme e ajustado do steak na grelha alta. Equipamentos industriais, semi-industriais, garfos, pegadores e pesos que podem auxiliar sua jornada na busca de um steak a la Brasador.

Não é a toa que dizemos: o fogo é nossa origemSomos realmente especialistas na arte de servir.

 

#3 – Tempero

Boa parte do sucesso de um steak magnífico esta aqui! Sal grosso, pimenta e ervas finas com um fio de azeite extra virgem te ajudam a exaltar o sabor do prato.

Lembre-se que o sabor protagonista está na peça escolhida.

Alguns detalhes são importantes: Não jogue o sal na chapa ou frigideira assim você não perde a suculência do steak. De preferência salgue e tempere o steak antes de coloca-lo na chapa, deixar o tempero na carne pode desidrata-la, tornando-a assim mais resistente e com menos sabor. Claro alguns preparos podem fazer uso dessa desidratação.

Esfregue bem o tempero na carne com as mãos e deixem-os atingir a temperatura ambiente. A fixação também tem haver com a temperatura, assim quão maior for a chama e a temperatura maiores serão as trocas moleculares que fixam o sabor do tempero no interior da carne.

No Brasador possuimos o DRY RUB um preparo de ervas especialmente desenvolvido ao longo dos anos para temperar o seu steak, auxiliando-o na conquista de um Steak à la Brasador.

 

#4 – Apresentação

Higiene, equipamentos limpos e acompanhamentos frescos.

Para que o Steak brilhe aos olhos e à boca de seus convidados, foque em manter toda limpeza na cozinha e no prato, durante o preparo. Além de evitar contaminações essa é uma mensagem que trabalha junto ao paladar no reconhecimento da peça.

Claro cuide de servir em pratos de porcelana, cerâmica ou vidro. Monte uma boa e vistosa salada e inove em acompanhamentos neutros e que realcem o momento.

Evite pedras aquecidas, pois elas vão atuar contra o ponto ideal conquistado pela sua habilidade com a chapa e o fogo alto.

 

#5 – O Toque do Chefe

Uma dica importante para regular a temperatura é  deixar a mão à 10 a 15 cm de altura da base do calor. Conte até 5 seg, se sua mão começar a ser aquecida você chegou em uma temperatura ideal para a carne!

É importante não deixar a carne passar muito, afinal, passando demais ela será perdida. Em suas primeiras tentativas mantenha o ponto sempre um pouco abaixo, faça cortes e experimente durante o cozimento, assim você pode ir acertando até atingir o ponto de servir.

Agora é só ir pra grelha, botar amor e seguir os toques do Chefe Brasador.

E claro sempre que quiser degustar de um steak raro e bem feito basta vir ao Brasador, será um prazer imenso servi-lo, sempre.

Bem-Estar e Produtividade. Conheça a incríveis vantagens da Massoterapia no Brasador.

Viver bem é um conceito geral no Brasador: Cozinha, copa, salão, administrativo e franqueados, somos todos comprometidos com o bem-estar.  Essa é a essência do NICE JOB, o nosso selo interno que comunica essa cultura de trabalho.

Então, como cuidar de nossos corpos e mentes para metas ousadas e alto rendimento?

Eis que nos surge a Massoterapia.

Após longa pesquisa no Brasador tomamos a decisão de investir no trabalho com uma profissional especialista da área. Nas mãos mágicas da massoterapeuta Janice Pizziolo (Formada em Terapias da Medicina Chinesa pela ABACO no Rio de Janeiro) iniciamos os atendimentos na equipe da matriz.

A prática é uma forma de construir e facilitar relações interpessoais, além das reconhecidas vantagens fisiológicas, “Há uma relação muito respeitosa, onde cada colaborador tem a liberdade de se expressar sem julgamentos. Tenho então a possibilidade de trabalhar de forma terapêutica no corpo e nas emoções. Sou uma facilitadora.” afirma a massoterapeuta.

De acordo com o nosso consultor Vitor França, que tem 1 ano de casa: “As vezes é como se eu estivesse com 10% de energia, e após a massagem, volto aos 100%.”

Nesses mais de 3 anos Janice vem 3x no mês ao restaurante e dedica de 20 a 30 minutos por colaborador.

No atendimento são aplicadas prática das quick massage e acupuntura sistêmica e auricular. Fisiologicamente há um estimulo e restauração de todo o sistema circulatório, nervoso, linfático e energético, propiciando a descontração e relaxamento da mente e do corpo, assim como evitando a fadiga mental e física.

 

E o resultado prático da massagem no trabalho?

 

Nossa pesquisa interna mostra uma redução no absenteísmo e aumento da produtividade. Ainda diminuímos apresentação de atestados e ocorrência de lesões no trabalho. Visivelmente há incremento na satisfação e bem-estar.

Aplicamos a massagem no ambiente de trabalho, em um espaço reservado para a atividade. Nesse caso há a construção de preciosos minutos de reflexão sobre relações interpessoais e levantamento das principais motivações da equipe. “A massagem me acalma, fico mais controlado emocionalmente, assim posso neutralizar com mais facilidade alguns “estresses pessoais” e melhoro meus resultados. Quando estou forte psicologicamente eu produzo mais” diz o colaborador Thomas que tem mais de 10 anos de casa.

Além de ativar circulação sanguínea, aliviar dores, estimular o relaxamento, melhorar a qualidade de vida e prevenir os problemas causados por movimentos repetitivos a massagem pode prevenir lesões e somatizações. O cozinheiro executivo Felipe Magno completa  “O dia a dia é puxado na cozinha, produzimos muito e o corpo sente, a massagem é mágica, melhora mesmo, na hora.”

A valorização do trabalho não é uma caridade, é um investimento.

“Nós nos exigimos muito! A cozinha ferve! É muito intenso, prazeroso e cansativo, não tem outro jeito (tem?! risos). Somos todos como “atletas de alto rendimento”. É isso, temos que estar em forma” afirma o Juliano Botti, Diretor Criativo. “Passamos a maior parte do dia no Trabalho. Como todo ambiente produtivo que objetiva resultado somos pressionados. A massagem da Janice é um toque especial… um tempero… um incentivo para que possamos servir sempre mais e melhor.” Conclui o “Ju”.

 

Para conhecer mais sobre os benefícios da Massoterapia acesse:

http://bdm.unb.br/handle/10483/3037

http://www.cursosmassagem.com.br/o-que-e-massagem.php

http://beecorp.com.br/blog/massagem-no-trabalho/

https://www.unicesumar.edu.br/epcc-2013/wp-content/uploads/sites/82/2016/07/Juliana_Barreiros_de_Albuquerque.pdf

http://tcconline.utp.br/media/tcc/2017/05/QUICK-MASSAGE-E-SEUS-BENEFICIOS-RELACIONADOS-AO-AMBIENTE-DE-TRABALHO.pdf